Voltar

Teste correção template - Iniciativas do Judiciário paranaense levam aparelhos eletrônicos para alunos de baixa renda


TESTE CORREÇÃO TEMPLATE - INICIATIVAS DO JUDICIÁRIO PARANAENSE LEVAM APARELHOS ELETRÔNICOS PARA ALUNOS DE BAIXA RENDA

Teste correção template - Comarcas de Londrina, União da Vitória e Curitiba já entregaram centenas celulares, tablets e computadores a alunos que estavam sem acesso às aulas virtuais

Teste correção template:

"....

Nesta segunda-feira (14/06), o projeto ‘Conectando Vidas’, uma parceria da Vara da Infância e Adolescência de Londrina com a Prefeitura Municipal, entregou 589 aparelhos de celular e tablets para alunos de baixa renda, da rede municipal de ensino.  

“Entregar esses aparelhos significa colocar muitos alunos de volta aos trilhos da educação. Promover a inclusão digital é fundamental, neste momento em que as aulas são oferecidas de forma virtual”, afirmou a juíza da Vara da Infância e Juventude, Dra. Camila Tereza Gutzlaff Cardoso. 

Os aparelhos foram doados pela Receita Federal do Brasil. São fruto de apreensões feitas pela instituição, principalmente de mercadorias contrabandeadas. Os eletrônicos foram avaliados em quase meio milhão de reais.       

Os tablets e celulares foram destinados a alunos de 23 escolas municipais. A Secretaria Municipal de Educação de Londrina escolheu as unidades com o menor desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Para cada escola, foram enviados 25 aparelhos que serão destinados às crianças que estão sem, ou com dificuldade de acesso às aulas, por falta de equipamento. As doações foram enviadas, também, para Unidades de Acolhimento Institucionais, para que as crianças atendidas sejam beneficiadas. 

“Nós escolhemos as escolas de alunos com maior vulnerabilidade. Em muitos casos, há apenas um aparelho de celular para toda a família, e nem todos os filhos conseguem acompanhar as atividades. Esses celulares novos vão fazer toda a diferença na educação dessas crianças”, explicou a Secretária de Educação de Londrina, Maria Tereza Paschoal de Moraes.     

A parceria entre a Vara da Infância e Adolescência de Londrina e a Prefeitura, no projeto ‘Conectando Vidas’ começou em março. Por meio de ofícios às instituições públicas e ajuda da sociedade são arrecadados aparelhos novos e usados para destinar às crianças carentes. Os equipamentos usados passam por formatação e reparos antes de serem entregues. 

 

Projeto ‘Ajude um Aluno’ de União da Vitória 

A Comarca de União da Vitória realiza um projeto semelhante na cidade, o ‘Ajude um Aluno’. Desde o ano passado, em razão da pandemia e da suspensão de aulas presenciais, a Vara da Família e o Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) iniciaram uma campanha para arrecadar celulares, tablets e computadores para doação a alunos que não possuem acesso a estes equipamentos. 

Até o momento já foram arrecadados mais de 60 aparelhos eletrônicos, os quais foram doados a alunos com bom aproveitamento escolar e que se encontram em condições de vulnerabilidade social. 

"O objetivo é auxiliar com o repasse do celular ou computador para manter crianças e adolescentes conectados com o sistema remoto de ensino. Desde o início da pandemia a campanha 'Ajude um Aluno' recebe doações e repassa para aqueles que têm necessidade e sem condições econômicas familiares para adquirir", relatou o juiz Carlos Mattioli, coordenador do CEJUSC. 

A iniciativa conta com a parceria do Núcleo Regional de Educação (NRE), da Prefeitura do Município, da sociedade de Porto União da Vitória, das 1ª e 2ª Varas Criminais da Comarca e de empresas privadas. O Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv) e ComunicaCell Assistência Técnica realizam os reparos necessários e prepara os materiais para uso em aulas ou atividades pedagógicas. 

São recolhidos materiais em bom estado ou que necessitem de pequenos reparos. Interessados em colaborar com a campanha podem procurar pelo CEJUSC ou Vara da Família de União da Vitória ou enviar um e-mail para rededeajudacejusc@gmail.com

"Com os parceiros que nos auxiliam e estão juntos nesse trabalho, podemos atender muitas crianças e adolescentes. Cada doação é muito bem-vinda", acrescentou o magistrado. 

 

Doações realizadas pela CEMSU e 6° Vara Criminal de Curitiba 

Uma iniciativa da Central de Medidas Socialmente Úteis (CEMSU), com o apoio da 6° Vara Criminal da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, também doou aparelhos celulares que serão utilizados por alunos que não têm equipamentos para acompanhar as aulas. 

Apreendidos durante o andamento de processos criminais, 50 aparelhos que seriam descartados foram doados para o projeto ‘Solidariedade Remota’ da Associação Batista de Ação Social de Curitiba. A entidade destina computadores, tablets e celulares a estudantes que precisam acompanhar as aulas virtuais. 

“Dando concretização aos fundamentos da Central de Medidas Socialmente úteis (CEMSU), tentamos transformar essas apreensões, que fazem parte de uma demanda complexa, como tráfico de drogas, uma demanda nociva, em algo bom para a sociedade. Então conseguimos fazer essa ponte e fazer a entrega desses aparelhos celulares para que eles cheguem na mão dessas crianças que precisam e possibilite o acesso delas à educação nos tempos atuais”, esclareceu o Juiz de Direito Diego Santos Teixeira, da 6ª Vara Criminal. 

Quem quiser contribuir e fazer a doação de aparelhos em Curitiba, deve entrar em contato pelo número (41) 99272-1859. 

 

..."