Notícias Notícias

Voltar

TJPR alinha parcerias estratégicas em busca de inovação


TJPR ALINHA PARCERIAS ESTRATÉGICAS EM BUSCA DE INOVAÇÃO

Com o objetivo de integrar ações de inteligência colaborativa, representantes do Judiciário paranaense realizaram visitas à Secretaria da Fazenda e à Celepar

Nesta quinta-feira (11/3), integrantes do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR), acompanharam o Presidente da instituição, Desembargador José Laurindo de Souza Netto, em reuniões com as equipes da Secretaria da Fazenda do Estado do Paraná e da Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar). 

O objetivo dos encontros é criar parcerias estratégicas em busca da inovação da Justiça paranaense e das demais instituições envolvidas. Além disso, os temas debatidos durante as reuniões estão voltados a alguns dos Princípios Norteadores da atual gestão, como o aumento da eficiência e o uso racional de recursos do Tribunal, bem como a valorização do ser humano, por meio da discussão de projetos inovadores na área de responsabilidade social e cidadania. 

 

Reunião com a Secretaria da Fazenda 

Durante a reunião com a Secretaria da Fazenda, foram trocadas informações sobre possibilidades de modernização dos Fundos Especiais do Poder Judiciário, bem como sobre créditos de custas e emolumentos inscritos em dívida ativa do Estado. 

Também foi estabelecida uma agenda para a gestão colaborativa entre a Secretaria da Fazenda e o TJPR, que englobará, entre outros temas, o pagamento de precatórios e a participação do Tribunal na elaboração das diretrizes orçamentárias. 

Participaram deste encontro, além do Chefe da Corte estadual, o Juiz Auxiliar da Presidência, Dr. Anderson Fogaça; o Diretor do Departamento Econômico e Financeiro (DEF), Moacir Carneiro Junior; que foram recebidos pelo Secretário da Fazenda do Estado do Paraná, Dr. Renê de Oliveira Garcia Júnior. 

 

Visita à Celepar 

Os representantes do Tribunal de Justiça foram recebidos pelo Diretor-Presidente da Celepar, Leandro Victorino de Moura, e seu corpo de Diretores. Foram discutidos assuntos relativos às demandas do Poder Judiciário e às soluções a serem construídas com a cooperação da Companhia. Entre eles, o auxílio na implantação e desenvolvimento de inteligência artificial e de critérios de inovação para o próprio Tribunal. 

Entre as propostas apresentadas pela Celepar, destaca-se a possibilidade de identificação de pessoas, por meio de reconhecimento facial ou biométrico. As instituições planejam conectar as informações coletadas pelo Programa Muralha Digital, de reconhecimento facial da Prefeitura Municipal de Curitiba, e pelo Olho Vivo, que é um projeto de biometria da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Paraná, para garantir maior eficiência aos sistemas do Tribunal. 

Além disso, foram discutidos vários projetos de intercâmbio de tecnologia, especialmente na área da violência doméstica, a fim de utilizar a integração de dados para dar efetividade às medidas de proteção impostas no âmbito da Lei Maria da Penha.  

Junto ao Presidente do TJPR, participaram da reunião o Desembargador Naor Ribeiro de Macedo Neto; o Dr. Marcel Guimarães Rotoli de Macedo; o Juiz Auxiliar da Presidência Dr. Anderson Ricardo Fogaça; a Dra. Fabiane Pieruccini; e o Diretor do Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJPR (DTIC), Rafael Coninck Teigão.